[Dúvidas] A Carreira do Engenheiro na Marinha

Antes de ser aprovado no Concurso para o Corpo de Engenheiros da Marinha do Brasil, em 2016, eu tive várias dúvidas sobre como era essa carreira e confesso que nem sabia direito o que iria fazer quando ingressasse nela.

Hoje, após alguns anos aqui dentro, já pude vivenciar várias experiências que me permitem ajudar você, que está interessado em saber mais dessa carreira, a conhecer os principais detalhes dela e tomar a decisão em segui-la ou não.

Nesse post, vamos falar sobre:

Como se tornar um Engenheiro da Marinha?

O ingresso no Corpo de Engenheiros da Marinha do Brasil é realizado através de um Concurso Público, o CP-CEM.

Ele ocorre anualmente entre maio e julho e, para participar, você precisa ter menos de 36 anos no ano seguinte do concurso e ser formado em alguma dessas engenharias:

  • Mecânica;
  • Civil;
  • Elétrica;
  • Química;
  • Produção;
  • Computação;
  • Telecomunicações;
  • Eletrônica (ou Controle e Automação ou Mecatrônica);
  • Materiais (ou Metalurgia);
  • Nuclear;
  • Cartográfica (ou Agrimensura);
  • Naval.

O concurso é composto por 2 fases com provas escritas e 6 eventos complementares.

Provas Escritas:

  • Prova Escrita Objetiva de Conhecimentos Profissionais e Redação;
  • Prova Escrita Discursiva de Conhecimentos Profissionais e Tradução de Texto.

Eventos Complementares:

  • Verificação de Dados Biográficos (VDB);
  • Inspeção de Saúde (IS);
  • Teste de Aptidão Física (TAF);
  • Avaliação Psicológica (AP);
  • Verificação de Documentos (VD);
  • Prova de Títulos (PT).

Observação: As inscrições para o CP-CEM 2020 ocorrerão entre 09 e 23 de março de 2020.

Para ser avisado quando isso ocorrer e não perder o prazo, é só CLICAR AQUI para se cadastrar em nossa Lista VIP.

O que faz um Engenheiro da Marinha?⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Como Engenheiro da Marinha, você trabalhará em uma das 3 áreas:⠀⠀⠀⠀⠀⠀

  • Manutenção:⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Aqui você vai “por a mão na massa” mesmo.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Vai passar a maior parte do tempo em algum estaleiro coordenando atividades de manutenção, instalação de novos equipamentos, radares, motores. Enfim, tudo que existe dentro de um navio e está relacionado com sua área.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Uma OM (Organização Militar) desse tipo é o Arsenal, no Rio de Janeiro.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

CLIQUE AQUI para conhecer mais OMs da área de Manutenção.

  • Gerenciamento de Projetos:⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Aqui você vai trabalhar mais na parte de documentação, planejamento, gerenciamento de projetos e pessoas para que tudo seja finalizado dentro de seus prazos e que atendam os requisitos especificados.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A DEN (Diretoria de Engenharia Naval), no Rio de Janeiro é uma OM desse tipo.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

CLIQUE AQUI para conhecer mais OMs da área de Projetos.

  • Pesquisa:⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Aqui você vai estudar e pesquisar novas tecnologias para implantar nos meios navais da Marinha.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Se você tem mais afinidade com a área acadêmica e gosta de trabalhar em centros de pesquisa, esse será o seu lugar.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Uma OM que é mais dedicada a pesquisa é o CTMSP, em São Paulo (é lá que está sendo desenvolvido o nosso projeto mais importante e ambicioso, que é o submarino nuclear).⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

CLIQUE AQUI para conhecer mais OMs da área de Pesquisa.

Como você pode perceber, existem vagas para todos os perfis profissionais e também é possível migrar de uma área para outra caso sinta necessidade.

Como é o Plano de Carreira?

Uma das grandes vantagens da carreira militar é oferecer um Plano de Carreira muito bem definido (o que raramente existe na iniciativa privada).

O Plano de Carreira para o Corpo de Engenheiros da Marinha deve passar por alterações em breve, devido ao fato do tempo de serviço ter aumentado de 30 para 35 anos.

Atualmente, temos os seguintes períodos entre as promoções:

[table id=1 /]

Além do tempo, existem alguns requisitos para ocorrer a promoção de uma patente para outra, como cursos e exercício de determinadas funções.

O lado bom é que a própria Marinha disponibiliza os recursos e incentiva que o militar cumpra todos eles.

Após o último ano com o CMG, o engenheiro pode se candidatar para pleitear uma promoção a Contra-Almirante e se tornar um Oficial General.

Caso não tenha interesse (ou não conquiste uma das vagas), ele irá para a reserva remunerada, por ter completado a idade limite para permanência no serviço ativo.

Nesse momento, o militar receberá uma ajuda de custo de 8 salários e continuará recebendo a mesma remuneração mensal até o fim de sua vida (a chamada aposentadoria integral).

Onde é o seu trabalho?

Essa é uma dúvida inicial bem comum quando um engenheiro conhece a carreira da Marinha do Brasil.

Isso porque muitos não estão dispostos a se mudar de onde residem ou têm uma certa “aversão” a algumas cidades do Brasil.

Pelo fato da Marinha possuir Organizações Militares em todas as regiões do país, os militares desta Força podem servir em diversas localidades.

Porém, a maior parte dos engenheiros ficam alocados nas organizações sediadas na cidade do Rio de Janeiro.

O destino de cada turma de engenheiros é determinado no final do Curso de Formação de Oficiais e, geralmente:

  • 70% dela fica no Rio de Janeiro.
  • 20% dela vai para São Paulo.
  • 10% dela vai para outros lugares do Brasil (os mais comuns são Natal, Salvador, Belém e Manaus).

Isso não é uma proporção exata, pois muda de ano para ano.

Mas é uma boa estimativa, tendo em vista a distribuição dos engenheiros nos últimos 5 anos.

É importante ressaltar que os alunos mais bem classificados no Curso de Formação têm prioridade para escolher a localidade onde servirá.

Ou seja, após aprovado, leve muito a sério esse Curso para ter mais chances de morar e trabalhar na cidade que deseja.

Trabalha embarcado?

Isso é um dos grandes MITOS sobre a carreira do Engenheiro da Marinha e tem gente que, infelizmente, até desiste de segui-la por acreditar nele.

O fato é que a Marinha possui um outro corpo, o Corpo da Armada, para trabalhar embarcado e operar seus navios.

A função do Corpo de Engenheiros é gerenciar e conduzir as atividades de pesquisa, desenvolvimento, manutenção e projetos de meios navais, aeronavais e de fuzileiros navais e de seus equipamentos, além de realizar outras atividades específicas de cada especialidade na área de Engenharia.

Em outras palavras, os engenheiros são responsáveis por manter os navios sempre em condições de operação e pesquisar / desenvolver nova tecnologias para modernizá-los.

E, para isso, você não precisará permanecer embarcado.

Você executará suas atividades técnicas em “escritórios”, em centros de manutenção ou em estaleiros.

Mas claro que, esporadicamente, você pode precisar visitar os navios para acompanhar testes / instalações de sistemas e equipamentos, investigar avarias, implementar novos recursos, etc.

Na maior parte dessas atividades, tudo será feito quando os navios estão atracados em alguma base e, algumas outras vezes, será feita em alto mar com o navio navegando.

O que é a aposentadoria integral?

Esse é um dos grandes (para muitos o principal) atrativos da carreira militar, justamente porque não existe em outros cargos públicos ou privados.

O fato é que o Engenheiro da Marinha se aposenta com o seu último salário e ganha mais um bônus de 8 salários quando for para a reserva remunerada, após os 35 anos de serviço.

Vamos exemplificar para você entender melhor:

Na iniciativa privada, se o seu salário no mês em que se aposentar for de R$ 20.000,00, no mês seguinte até o final de sua vida, você receberá R$ 6.101,05 (teto INSS).

Na iniciativa privada, se o seu salário no mês em que se aposentar for de R$ 20.000,00, no mês seguinte até o final de sua vida, você receberá os mesmos R$ 20.000,00 (com os devidos reajustes que acontecer depois).

Ou seja, você não terá, do dia para a noite, um decréscimo de R$ 13.898,95 na sua renda mensal.

Agora imagine a tranquilidade que você terá durante a sua carreira sabendo que, além de não correr risco de demissão, poderá manter seu padrão de vida quando se aposentar?

O que é o TFM?

Imagine você poder praticar suas atividades físicas durante o horário de trabalho?

Sim, sendo um Engenheiro da Marinha isso será possível!

Como já deve saber, os militares precisam manter a higidez física em dia.

Em outras palavras, depois de ingressarem nessa carreira, eles não podem se tornar sedentários e ficarem obesos.

E para ajudar você com isso, a Marinha costuma permitir a prática de algumas atividades físicas como corrida, natação e musculação, das 8:00 às 9:00, três vezes por semana.

É essa prática que os militares chamam de TFM, que significa Treinamento Físico Militar.

E o melhor é que essas atividades são feitas na própria OM (Organização Militar) que o engenheiro trabalha.

Uma vez por ano, o militar é submetido ao TAF (Teste de Aptidão Física), em que precisa correr cerca de 2.000 metros e nadar 50 metros em tempos estipulados, que são definidos de acordo com a idade da pessoa.

É um teste relativamente  tranquilo e só reprova mesmo quem é totalmente sedentário e bem acima do peso.

A Marinha possui outros Corpos, como o de Fuzileiros Navais, em que a exigência física é muito maior, pois eles são literalmente preparados para a Guerra.

Então, se você tem o mínimo de preocupação com a sua saúde e higidez física, pode ficar tranquilo que não terá problemas como Engenheiro da Marinha e, além disso, poderá praticar suas atividades físicas durante o expediente.

Qual é o seu salário?

Após a aprovação da Reforma da Previdência dos Militares, o salário de um Engenheiro da Marinha receberá alguns ajustes, programados até 2023.

Uma das grandes alterações foi com relação a quem possui mestrado.

Antes, a diferença salarial de quem possuía esse título para quem não possuía era relativamente pequena.

Agora, essa diferença aumentará gradativamente ao longo dos próximos anos.

Confira abaixo o Salário Bruto Inicial de um Engenheiro da Marinha:

  • Sem Mestrado:

A partir de 2021:

R$ 12.532,40

 

A partir de 2022:

R$ 13.109,55

 

A partir de 2023:

R$ 13.686,70

 

  • Com Mestrado:

A partir de 2021:

R$ 13.356,90

 

A partir de 2022:

R$ 14.346,30

 

A partir de 2023:

R$ 15.335,70

Vamos supor então, que você tenha mestrado e seja aprovado no Concurso CP-CEM 2020.

Você será nomeado Guarda-Marinha no início de 2021 e realizará o Curso de Formação até dezembro de 2021, quando será nomeado Primeiro-Tenente.

A partir de janeiro de 2022, seu salário será calculado da seguinte forma:

+ R$ 8.245,00 (Soldo)

+ R$ 4.040,05 (Add. Habilitação)

+ R$ 1.566,55 ( R$ 1.566,55 )

+ R$ 494,70 (Add. TS ou Disp. Mil.)

– R$ 258,23 (Fusma)

– R$ 1.362,90 (Pensão Militar)

– R$ 2.630,06 (IRRF)

= R$ 10.095,11 (Total Líquido)

Esse não é um número exato, mas é muito próximo do seu futuro salário líquido como Engenheiro da Marinha do Brasil.

Para alguns, esse valor pode parecer pouco.

Para outros, é um salário que nunca recebeu em toda a sua vida.

O fato é que tudo vai depender do momento profissional que o engenheiro se encontra e quais são suas ambições.

Se considera que esse valor pode proporcionar uma vida confortável para você e sua família, não tem motivos para não buscar sua aprovação no CP-CEM e receber esse salário, enquanto trabalha em uma das Instituições mais tradicionais do Brasil.

Lembrando que você receberá um aumento salarial toda vez que for promovido, o que ocorre, em média, a cada 6 anos.

Ocorrem muitas movimentações?

Normalmente não.

A carreira do Engenheiro da Marinha não sofre muitas movimentações de local e, na maioria das vezes, elas ocorrem por vontade do próprio militar.

Isso não significa que se, ao final do Curso de Formação, você for designado para uma cidade que não gostar, você precisará ficar nela por toda a carreira.

Você poderá, nesse caso, pedir movimentação para alguma outra Organização Militar do Brasil que possua funções correlacionadas à sua engenharia.

O que é comum é o engenheiro encontrar alguém de sua área que esteja no local desejado e também queira ser movimentado, porque aí a “troca de militares” é facilitada.

Não recomendamos prestar o Concurso CP-CEM para quem não pode, em hipótese alguma, morar longe de sua cidade ou para quem tenha alguma aversão muito grande em relação a cidade do Rio de Janeiro (local onde ficam alocados a maioria dos Engenheiros da Marinha).

Qual o horário de trabalho?

Isso dependerá muito de lugar para lugar, mas, via de regra, o horário de trabalho é das 08:00 às 16:30, de segunda a sexta-feira.

Uma característica importante da carreira militar é a disponibilidade permanente, o que significa não receber hora extra.

Mas isso não significa que você será “explorado” pelo seu superior e terá que trabalhar até mais tarde todos os dias.

O que acontece, na prática, é “negociar” com seu chefe um dia de folga caso tenha sido necessário trabalhar em um sábado, por exemplo.

Nesse sentido, se assemelha muito como em qualquer empresa, essa flexibilidade de horários acordada entre chefe e subordinado.

Existe também na Marinha a chamada Licença Pagamento, que é como se fosse uma “folga obrigatória”.

Na prática, é um dia concedido ao militar para ele resolver problemas pessoais, que geralmente só podem ser resolvidos em horário comercial.

Ela ocorre toda primeira segunda ou sexta-feira do mês.

Como é definido o local de trabalho?

Essa é uma dúvida clássica de todo Engenheiro que descobre a carreira da Marinha do Brasil.

O local em que o Engenheiro trabalhará é definido de acordo com sua antiguidade no CFO (Curso de Formação de Oficiais), que tem duração de 9 meses e é onde são ensinados os princípios do militarismo que o engenheiro deve respeitar ao longo de sua nova carreira.

Mas o que seria essa antiguidade?

Ela nada mais é do que uma classificação entre os alunos da mesma turma do CFO.

Isso significa que os alunos que tiveram as melhores notas nesse Curso, tem prioridade para escolher onde vão trabalhar.

Vamos exemplificar para você entender melhor.

Digamos que você seja um engenheiro mecânico e deseje trabalhar na cidade de Natal, na Base Naval de Natal.

No final do ano de seu CFO, são divulgadas as vagas para os engenheiros mecânicos daquela turma e uma das vagas é para Natal.

Se tiver outro engenheiro mecânico que também tenha interesse em ir para Natal, você só irá caso sua Nota Final no Curso seja maior do que a dele.

Por isso, é importantíssimo se dedicar para ter uma boa nota nesse Curso.

Quando conquista a Estabilidade?

Após 5 anos como Primeiro-Tenente, ocorre uma avaliação onde é definido se o engenheiro prosseguirá na carreira ou não.

Apesar de assustar alguns, o fato é que, historicamente, somente os militares com um desempenho profissional extremamente baixo ou com graves atos de indisciplina não ganham a estabilidade.

Portanto, se você honrar a farda que vestirá e mostrar comprometimento com a missão da Marinha, vai conquistar a estabilidade naturalmente e terá uma carreira com muitas realizações.

Quais são os benefícios extras?

Além de prover um salário acima do que o mercado costuma oferecer, a carreira militar apresenta vários benefícios que provavelmente você não conhece.

Vamos a eles então:

  • Transferências Remuneradas

Caso seja transferido para outro estado ou cidade, por interesse de serviço, você receberá ajuda com despesas e custos da viagem, proporcional a distância e ao número de filhos que possui.

  • Assistência Médico-Hospitalar

O militar pode cuidar da sua saúde nas dependências hospitalares da Marinha, como em policlínicas, hospitais, entre outros e também poderá colocar familiares como seus dependentes.

  • Instalações sócio recreativas

O militar pode desfrutar do lazer, frequentando clubes pertencentes à Marinha junto com seus dependentes familiares.

  • Alimentação

Os militares podem fazer todas as suas refeições no local de trabalho, sem custos adicionais.

  • Auxílio Fardamento

O Engenheiro da Marinha tem direito, a cada três anos ou quando for promovido, a receber um soldo para aquisição de fardamento.

  • Capacitação Profissional

A Marinha oferece excelentes oportunidades aos que gostam de estudar, possibilitando a participação em processos seletivos internos para Cursos, Pós-Graduações e Mestrados, o que enriquecerá o seu currículo e possibilitará o seu crescimento profissional e o da Força.

O que é o PNR?

Durante os 9 meses do CFO (Curso de Formação de Oficiais), que ocorre na cidade do Rio de Janeiro, você poderá morar na Ilha das Enxadas (local onde ele é realizado), sem custo nenhum.

Após o fim do Curso, a turma de engenheiros é distribuída para várias OMs (Organizações Militares) e, alguns deles, podem ser movimentados para outras cidades (fora do Rio de Janeiro).

Existem em algumas cidades os chamados PNR (Próprios Nacionais Residenciais), que são casas/apartamentos funcionais pertencentes à União Federal e que são destinadas à moradia de militares.

São Paulo e Salvador, por exemplo, possuem PNR.

Para conseguir morar nessas casas você entra em uma espécie de fila de espera e, quando chegar sua vez, vai pagar uma taxa simbólica, muito menor do que um “aluguel de verdade”, para morar no PNR.

Geralmente são apartamentos novos e bem conservados para acomodar você e sua família .

Conclusão

Nesse artigo foram apresentados os principais e mais importantes pontos da carreira do Engenheiro da Marinha do Brasil..

Espero que tenha esclarecido todas suas dúvidas para te ajudar a entender se ela é para você ou não.

Lembrando que o concurso CP-CEM 2020 está com as inscrições confirmadas para ocorrer entre 09/03 e 23/03/2020 e você pode iniciar sua preparação hoje mesmo.

O fato é que, se você é engenheiro e acredita que a aprovação em um concurso público desse nível pode transformar a sua vida e de sua família, essa oportunidade é para você;

Será um caminho longo e difícil, mas garanto que todos que trilharam ele não se arrependeram.

Caso deseje ingressar para o Corpo de Engenheiros da Marinha, o primeiro passo é, antes de começar a estudar, organizar todos os materiais necessários.

Você já deve saber que, muitas vezes, é complicado encontrar todos os materiais e acabamos perdendo muito tempo com isso.

Para te ajudar nessa missão, já separamos e organizamos todos esses materiais.

São editais, todas as provas antigas e algumas resoluções, planilha de estudos e outros conteúdos complementares.

Portanto, caso ainda não tenha se cadastrado em nossa lista VIP para receber todos materiais, dicas e novidades relacionadas ao concurso CP-CEM, é só CLICAR AQUI e digitar seu Nome e E-mail.

O Engemarinha oferece algum Curso Preparatório para o CP-CEM?

Essa é uma das perguntas que mais recebemos e a resposta é SIM!

Já estamos no quarto ano de nosso curso e, somente no último concurso (CP-CEM 2019), 71% dos candidatos aprovados eram nossos alunos.

Fizemos vários incrementos e melhorias para o ano de 2020, mas, no momento, estamos com as inscrições fechadas.

CLIQUE AQUI para conhecer melhor o Engemarinha!

Assista agora um vídeo que, apesar de ser um pouco antigo, apresenta muitos detalhes de nossa carreira:

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=lG6VQCghxcA[/embedyt]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha suas informações de contato e redirecionaremos você para o nosso melhor atendimento.