Estudando para concursos com o método Feynman

A jornada de concurseiro garante bons frutos para aqueles que se dedicam a ela com empenho e inteligência. Parte disso significa adotar métodos de estudos seguros, que realmente geram resultados, como é o caso do método Feynman. Se essa técnica ainda é novidade para você, veja como aplicá-la na sua preparação com as dicas deste artigo.

Quem entra no desafio de estudar para concursos públicos normalmente visa os altos salários dos cargos, a estabilidade e a oportunidade de trabalhar numa grande instituição. Nos serviços militares, a Marinha do Brasil vem sendo o foco de milhares de pessoas que estão em busca dessas vantagens.

Se você também tem em vista as provas de um grande concurso, acompanhe as próximas linhas para entender como usar um método cientificamente comprovado, o método Feynman, com um passo a passo simples. Boa leitura!

O que é o método Feynman?

O método Feynman saiu da mente do grande ganhador do prêmio Nobel, o físico norte-americano Richard Feynman, que revolucionou a eletrodinâmica quântica no século passado. O método foi pensado para que o cientista não se enganasse sobre o que, de fato, aprendeu, e, na prática, acabou sendo um instrumento para acelerar o aprendizado de qualquer assunto.

O princípio do método Feynman é bastante simples. Se você explicar determinado conceito com o máximo de naturalidade, repetidas vezes, poderá, aos poucos, identificar pequenos erros de compreensão e torná-lo entendível até mesmo para uma criança. Esse processo é baseado em 4 passos simples. Conheça-os a seguir!

Como funcionam os 4 passos do método Feynman?

Este passo a passo pode ser aplicado para aprender um conceito, um assunto mais amplo ou uma fórmula matemática. Por exemplo, as disciplinas de exatas cobradas no concurso público para o Corpo de Engenheiros da Marinha do Brasil (CP-CEM) podem ser estudadas por meio desse método.

1. Escolha um assunto específico

O primeiro passo é escolher um assunto e colocá-lo no topo de uma folha em branco. Em seguida, preencha a folha escrevendo tudo o que você sabe sobre ele. Escreva de maneira simples e clara, com as suas palavras, pois jargões podem esconder incompreensões. Não tem problema se você achar isso difícil, porque faz parte do jogo.

2. Finja que está explicando o assunto a uma criança

Depois de fazer as anotações, explique o que você acabou de escrever para si ou para alguém. A ideia é realmente falar em voz alta e ensinar o assunto, e não importa se há ou não um público.

O objetivo é se ouvir falando sobre o assunto numa linguagem simples, como se estivesse dando orientações a uma criança. Isso faz com que você visualize o assunto com mais facilidade.

3. Identifique as lacunas da sua compreensão

Nas suas tentativas de explicação, será possível saber em que você está falhando. Volte ao assunto para pesquisar esses pontos. É aqui onde você começa a aprender. Busque as fontes que você usou para estudar e faça as correções. Quando achar que tudo já está claro, faça uma nova explicação do tema.

4. Revise o assunto e simplifique a sua explicação

O último passo do método Feynman é se esforçar para simplificar cada vez mais a linguagem usada nas anotações e, consequentemente, nas explicações sobre o assunto escolhido. Certifique-se de que não está utilizando jargões da área e leia tudo que escreveu em voz alta para perceber se está tudo claro.

Como o método pode ser aplicado nos estudos para concurso?

O método do cientista Richard Feynman é uma das melhores técnicas para estudar para concursos. Mas lembre-se de não deixar passar muito tempo para cumprir o passo a passo! Por mais que o método seja eficaz, o concurseiro deve tomar cuidado para não passar horas estudando um único assunto dessa maneira.

Vimos, neste post, o que é o método Feynman, como funciona e como aplicá-lo no estudo para concurso. Passe por cada um dos passos para ter um bom aprendizado:

1. escolha o assunto;

2. explique o assunto como se estivesse ensinando-o a uma criança;

3. identifique as lacunas da sua compreensão;

4. revise as anotações e simplifique-as ainda mais.

Se esse post foi útil e você quer mais dicas de preparação para concursos públicos, siga as nossas páginas nas redes sociais — Instagram, YouTube para Engenheiros e YouTube para outras áreas — e tenha acesso a mais conteúdos como este!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha suas informações de contato e redirecionaremos você para o nosso melhor atendimento.