Saiba como estudar para concurso de arquitetura

Muitos arquitetos desejam ter segurança em suas carreiras, estabilidade, salários maiores e crescimento profissional, mas não trabalhando como autônomos ou no setor privado. Na verdade, o que eles querem é optar pelo serviço público, e por isso, estão sempre em busca de aprender sobre como estudar para concurso de arquitetura. 

Sem um perfil para empreendedorismo, esses profissionais buscam oportunidades nos órgãos públicos para conseguirem uma aprovação que garanta o seu futuro profissional e a aposentadoria. Mesmo os concursos não sendo fáceis, procuram investir em cursos e estudos para alcançarem uma boa classificação. Se você faz parte deste time, continue a leitura e saiba os passos para ter qualidade e aprendizagem nos estudos. 

Por que é importante estudar para concursos de arquitetura? 

Independentemente de qual seja área o concurso, estudar é primordial para que concurseiro ultrapasse a concorrência — que por sinal é muito grande. Então, para que haja profissionais qualificados nos setores públicos, a seleção é feita baseada no nível de conhecimento dos candidatos. Ou seja, quem souber mais garante as vagas. 

Além de garantir sua vaga, estudar é uma maneira de atualizar as informações, relembrar o que já foi aprendido e abrir os horizontes para novas ideias e propostas. Afinal, como diz o ditado, conhecimento não ocupa lugar. No entanto, se você se dedicar corretamente aos estudos a chance de alcançar o seu sonho certamente se torna maior. 

Como se preparar para um concurso público? 

Primeiramente, é preciso ler o edital para saber quais conteúdos estão exigindo. Caso o certame ainda não tenha saído, procure pelo último que foi publicado para ter uma noção do que foi solicitado. 

Esteja atento 

O primeiro passo é traçar um planejamento de estudos. Aproveite que existem vários sites que disponibilizam materiais e questões que ajudam muito na aprendizagem, bem como cursos online para sua preparação. 

Selecione também as provas anteriores de concursos para arquiteto, mesmo que seja de outras áreas, assim você se familiariza com o estilo da banca organizadora. Geralmente, ela foca em certos assuntos, e ao perceber qual ela aborda mais, você pode se aprofundar. Já aconteceu da CESPE, em uma única prova, realizar cinco perguntas de um determinado conteúdo. Para isto, tenha uma estratégia se colocando no lugar dos organizadores. 

Por exemplo, a banca dos concursos da Marinha é da Diretoria de Ensino da instituição. Portanto, verifique ao longo dos certames passados quais temas são repetidos e o estilo de perguntas. Veja os assuntos pedidos nas redações dos concursos do Corpo de Engenheiros da Marinha nos últimos sete anos: 

  • 2013 — A construção naval. 
  • 2014 — A importância do desenvolvimento da tecnologia. 
  • 2015 — A indústria naval e o país. 
  • 2016 — Hidrovias, ferrovias ou rodovias: há dilema? 
  • 2017 — A engenharia e a Marinha do século XXI. 
  • 2018 — A influência da tecnologia na transformação da sociedade. 
  • 2019 — A engenharia na era do conhecimento. 

Se mantenha atualizado das últimas alterações de leis e normas, dos assuntos que estão no momento no âmbito da arquitetura como a acessibilidade, regularização fundiária, sustentabilidade e meio ambiente. 

Tenha um plano de estudo 

Lembra-se que foi dito sobre o plano de estudo. Então, veja quantas horas tem disponível por dia para poder reservá-las somente para estudar.

Veja qual o melhor período e separe para se dedicar ao concurso. Agora, construa o seu ciclo de estudos considerando o conteúdo pragmático e perfil da banca. Assim, divida as matérias por dia:  

  • maior peso e maior dificuldade – 35% do tempo de estudo; 
  • maior peso e menor dificuldade – 35% do tempo de estudo; 
  • menor peso e maior dificuldade – 20% do tempo de estudo; 
  • menor peso e menor dificuldade – 10% do tempo de estudo. 

As revisões devem ser feitas a cada 24 horas de estudo ou uma vez por semana, pois são importantes para fixar o conhecimento. Na semana que antecede a prova faça revisões dos pontos mais importantes, porque uma coisa é fato, será impossível rever tudo em uma semana. Então, calma, confie no que você realmente conseguiu aprender e sabe. 

Siga o princípio da regra 80/20, do economista Wilfredo Pareto, em que 20% do conteúdo pragmático se refere a 80% da prova. Outro fator importante é saber a legislação que é indicado no edital.  

Faça um curso online 

Na era da internet, há muitos cursos e materiais disponíveis para ajudar você a estudar em casa como, por exemplo, o Engemarinha, que conta com livros preparatórios, materiais em PDF e videoaulas, artigos, etc. Faça exercícios e simulados comentados que são direcionados ao concursos para Arquitetura da Marinha

Outra vantagem é poder participar de comunidades para tirar dúvidas, trocar experiência e encontrar oportunidades para desenvolver seu conhecimento. 

Torne o estudo interativo.

Intercale momentos de matérias teóricas com a prática dos exercícios, isto auxilia a manter o foco, melhora a compreensão e a memorização. Assim, as horas de estudo não se tornam chatas e cansativas. 

Escreva para não esquecer 

Para fixar o conteúdo, escreva os principais trechos do assunto em tópicos como se fosse palavra-chave. Isto desenvolve a criatividade e contribui para o raciocínio cognitivo. Faça resumos, mapas mentais, grife partes do texto, anote nos livros as observações, crie esquemas e desenhos que reforçam o conteúdo. Quanto mais você escrever, mais aprenderá. 

Mantenha-se motivado 

Estudar é cansativo, mas quando aparecer aquele desânimo pense no seu objetivo, imagine vendo sua aprovação e trabalhando como um Arquiteto da Marinha. Tenha sempre disciplina e foco. 

Procure descansar 

A ansiedade atrapalha quando a prova vai se aproximando e, por isso, mantenha a calma e procure fazer uma pausa de 10 minutos a cada 25 minutos de estudo. Tão importante quanto o estudo é o descanso para que a mente consiga absorver as matérias. 

No dia da prova, lembre-se de reservar 30 minutos finais para marcar o cartão resposta e anotar as alternativas que você marcou de cada questão em uma folha de rascunho para conferir no gabarito. 

Agora, sabendo como estudar para o concurso de arquitetura, seguindo as orientações deste post você terá maiores chances de ser aprovado. Então, comece já e se prepare porque o próximo concurso da Marinha para sua área está previsto para ter o edital lançado em março de 2020. 

Para baixar diversos materiais de estudo gratuitos e ser avisado das novidades deste Concurso, CLIQUE AQUI e faça seu cadastro em nossa Lista VIP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha suas informações de contato e redirecionaremos você para o nosso melhor atendimento.